Decepção: Especial Os melhores hambúrgueres da cidade da Época São Paulo


Sou assinante da revista Época desde o número 1, quando ela ainda era considerada uma opção à Veja. Há dois anos tenho contato com a Época São Paulo, uma revista mensal que chega sempre na última semana no mês e equivale à Vejinha semanal, com dicas de programas, informações da cidade e guia de restaurantes, bares, comidinhas, cinema e teatro. Sempre gostei da publicação e confesso que ela me ajudou a entender um pouco mais como Sampa funciona.

Por tudo isso, fiquei ansiosa (Cláudia também) pela revista publicada este mês, com um especial “Os melhores hambúrgueres da cidade”. Imaginei ver meus preferidos ali listados, com dicas de hamburguísticas diferenciadas e fora do circuito mais conhecido, além de críticas construtivas, claro. Infelizmente, ficamos decepcionadas: a revista privilegiou claramente alguns lugares (e chefs), criticou casas que merecem muito mais do que apenas uma visita (como o A Chapa, o Zena Caffè e o General Prime Burguer), e citou opções comuns que não são ruins, mas não merecem estar em um guia decente de hambúrgueres. Resumindo: nós gostamos dos lanches do The Fifties e do América, por exemplo, mas não dá para listá-los junto a hamburgueres como os da Hamburgueria Nacional ou do Ritz.

Claro que não discordamos de tudo, mas acredito que o Especial poderia ter sido melhor executado e dividido – as categorias acabaram esvaziando bastante as expectativas. De qualquer forma, concordamos que o St. Louis merece figurar entre os melhores hambúrgueres e estamos doidas de vontade de ir ao 210 Diner para saber o que há de tão especial. No entanto, ainda estamos tentando descobrir qual é a graça da Lanchonete da Cidade: quando fui lá, pedi um bombom e achei absolutamente insosso, com ingredientes parcos e montagem lamentável. Isso sem contar o fato do Burdog estar na lista de bons lanches. Alguém entendeu?


St. Louis: realmente muito bom

Lanchonete da Cidade: entre os melhores?


Burdog: crítica em breve (para ficar ruim, precisa melhorar)

13 Comentários

  1. André Tomazela
    março 6, 2011 at 5:44 pm (11 anos ago)

    Também fiquei surpreso com essa edição da Época São Paulo. Conheço pouco de hamburgeres, mas os que aprendi a gostar aqui no Aventuras são criticados lá. Feio, feio mesmo!

    Agora, a Época continua sendo “a” opção à Veja, que está cada dia mais suja e agressiva.

    Bjs

  2. Bruno
    março 6, 2011 at 8:12 pm (11 anos ago)

    Esses guias da Época tentam imitar as publicações da Veja (que ultimamente não está lá das melhores também), mas nunca foi de se confiar.
    Uma revista que elege uma padaria quase que recém aberta e desconhecida como a melhor de SP, deixando pra trás St. Etienne, Benjamin A, dentre tantas outras padarias maravilhosas, não se pode botar fé.

    Entretanto, não posso deixar de comentar que a última edição da Veja Comer e Beber também está quase que “comprada”, pois eles favorecem apenas alguns chefes famosos. Eleger o Bottagallo como o melhor bar de SP (a comida é extremamente salgada) foi ridículo. Já apelidei de BottaSallo). Fica a dica!

  3. Eu
    abril 13, 2011 at 5:04 am (11 anos ago)

    A respeito do Burdog, foi perfeito o seu comentário: pra ficar ruim, ainda precisa melhorar – e muito. Hambúrguer seco, completamente esturricado, fino, pequeno e caro. Nas poucas vezes em que comi lá, passei mal em todas.

  4. Rodrigo Pereira
    maio 30, 2011 at 1:43 pm (11 anos ago)

    Oi, Bruno, André e “Eu”. E, Isabelle, autora do post. Sei que estou chegando aqui com muito, muito atraso, mas só hoje vi esse post, meio que por acaso. Bom, sou editor do Navegador de Época SÃO PAULO e também coordenei a realização dessa reportagem. Sempre q se trata de escolhas, é normal que haja desacordos. Porque realmente alguém pode pegar uma lanchonete num dia “inspirado”, diferente daquele em que um crítico foi lá (vale também para Bares e Restaurantes, que também avaliamos). Acreditem, não foi apenas um ou duas vezes que testamos os lugares que entraram como “decepções”. Cheguei inclusive a trocar a repórter, e os resultados frustrantes eram sempre os mesmos (devidamente listados em relatórios, que guardamos aqui e levamos em conta para futuras avaliações).

  5. Rodrigo Pereira
    maio 30, 2011 at 1:43 pm (11 anos ago)

    Qto aos escolhidos, vejam, eles aparecem listados como OS CAMPEÕES. Os demais, nos boxes, NÃO FORAM CONSIDERADOS POR NÓS OS MELHORES HAMBÚRGUERES DA CIDADE. Por isso estão separados. Trata-se de outras categorias, como “Hambúrguer para matar a fomde de madrugada” ou “hambúrguer de bar”. A revista não quis virar as costas, porque sabemos que esses lugares existem e que têm um público fiel. E às vezes o que o leitor está buscando não é o melhor hambúrguer da cidade, mas apenas um que esteja aberto na alta madrugada. O Burdog, portante, não é um dos nossos campeões.

  6. Rodrigo Pereira
    maio 30, 2011 at 1:48 pm (11 anos ago)

    Claro que em tudo pode haver discordância, mas garanto: nosso crítico de Bares teve experiências muito boas no Bottagallo (tudo listado em fichas, como expliquei antes). Lembrem-se: o bar estava então recém-aberto. Se ele decair na qualidade da comida, estejam certo que isso será detectado nos próximos testes (a gente testa os lugares com uma frequencia enorme, sempre anonimamente, sem nos identificarmos). O mesmo vale para a MARIA LOUCA, no Ipiranga. A gente testa TODAS as megapadarias importante, independente de onde elas ficam ou do quão conhecida são. Acreditem: a MARIA LOUCA mostrou-se, naquela ocasião, melhor que outras concorrentes “que todo mundo conhece”. Por essa razão ganhou, só por isso.

  7. Rodrigo Pereira
    maio 30, 2011 at 1:51 pm (11 anos ago)

    E, Bruno, posso garantir: não imitamos a Veja São Paulo. Somos uma revista mensal, nossa pegada é completamente outra. Relendo as duas revistas com atenção, dá para sacar o quanto uma é diferente da outra. Ah, sim: dúvidas e comentários são sempre bem-vindos. Meu email: [email protected]. Valeu,

  8. Isabelle Lindote
    maio 31, 2011 at 1:16 am (11 anos ago)

    Rodrigo, agradecemos por seus comentários aqui no post. Eu, pessoalmente, acredito que toda história tem vários lados, não apenas dois, e muito menos um. Logo é importante sempre ouvirmos a opinião de quem idealiza, de quem escreve, de quem edita, de quem lê e de quem visita e experimenta. Continuo achando estranho, por exemplo, o comentário de que o Hamburgo do Zena tenha “kechup”. Mas, todo texto gastronômico tem um autor, que pode acabar jogando também uma “pimenta” em alguns comentários, é um direito de quem escreve. Assim como é direito de quem lê concordar ou não. Com educação e sensatez, este espaço está sempre aberto para argumentações, críticas e sugestões. Obrigada novamente por suas colocações.

  9. Rodrigo Pereira
    maio 31, 2011 at 3:24 pm (11 anos ago)

    Oi, Isabelle. Sou eu quem agradeço, pelo espaço democrático. Virei sempre, como leitor. Obrigado,

  10. Arlei
    novembro 19, 2012 at 7:46 pm (9 anos ago)

    Gostaria só de dizer que o St Louis não merece qualquer destaque. Tentei ir lá uma vez, a fila de espera era de 40 min. Estava com minha filha de 2 meses de idade e o segurança/recepcionista já era de uma prepotência impar e disse que tínhamos que aguardar na calçada, detalhe que estava chovendo e ventando, depois de eu bater o pé me deram um cantinho humilhante lá dentro. Perguntei se teríamos alguma preferencia e eles me disseram (o arrogante gerente) que só a minha esposa e filha teriam!!!! Eu teria que esperar…….ele disse que faria assim porque é o que a lei dita!! Cortesia, respeito e educação zero!!

    Não comi, não quero comer e não recomendo…..lamentável…..

    Fui na hamburgueria nacional e amei!

  11. Flávio
    julho 20, 2015 at 3:24 pm (7 anos ago)

    St. Louis é nota 10, atendimento de primeira, comida espetacular e ambiente agradável! Conheço muitos locais, em se tratando de hambúrguer, St. Louis é minha 1a opção!

2Pingbacks & Trackbacks on Decepção: Especial Os melhores hambúrgueres da cidade da Época São Paulo

  1. […] popular. Já votamos por lá e esperamos que o resultado seja mais justo do que o publicado no Especial de Melhores Hambúrgueres, no início do […]

  2. […] foi lamentável: lanche ruim, ingredientes de baixa qualidade, atendimento frio… E contei por aqui no post sobre o Especial de Melhores Hambúrgueres da Revista Época São Paulo. Foi tão decepcionante que […]

Deixe um comentário