Beijú da tapioca

Se você não mora nas proximidades da Vila Romana, zona oeste de São Paulo, não deve conhecer o Beijú da Tapioca. Se você mora, deveria conhecer. Sério! O restaurante não é conhecido dos críticos da alta gastronomia, nem da baixa, muito menos dos veículos que publicam sempre as mesmas dicas – dos mesmos lugares. O local é bem colorido, tem azulejos antigos e a decoração é uma mistura de muitos objetos antigos que foram acumulados ao longo do tempo. A comida é boa, farta e o atendimento é excelente. E o preço? As comidinhas custam de R$ 8 a R$ 20.

beijutapioca

A porção grande de baião-de-dois custa R$ 20 e serve (bem) duas pessoas, mas com um pouco de esforço você consegue comer sozinho.

Outra opção que adoro: arroz, feijão, mandioca e kibovo (kibe com ovo) – R$ 15

kibovo

Claro, tem feijoada (e sem miséria!)

feijoada

À noite o boteco tem rodas de samba, serve o baião-de-dois mas outras estrelas desfilam pelas mesas: acarajé, cuscuz, vatapá, vaca atolada, bobó de camarão e tapiocas.

Beijú de Tapioca
Rua Coriolano, 1160, Vila Romana, São Paulo/SP
Telefone: 11 3862-0383

Ryo Gastronomia

Semana passada, eu (Angela) e Romy tivemos o privilégio de conhecer o Ryo Gastronomia que é o primeiro e único restaurante especializado em Kaiseki-Ryori no Brasil.

Comandado pelas mãos do chef Edson Yamashita tem como missão levar ao seus clientes uma verdade experiência gastronômica, na qual o alimento sacia a alma e o paladar. E eu já chego dando spoiler “Missão dada é missão cumprida”.

Eu (Angela), confesso que nunca tinha ouvido falar no estilo Kaiseki-Ryori, logo, me sinto na obrigação de explicar o que é e como funciona.

O restaurante tem o menu fechado e os ingredientes são sazonais,o que permite utilização de alimentos extremamente frescos. Os pratos que parecem obras de arte, são servidos em uma sequência, bem semelhante a um menu degustação, tudo respeitando a filosofia “arigatai”, conceito oriental de gratidão de causa e efeito.

Os pratos que são elaborados de acordo com a estação do ano, equilibram sabor, aparência, textura e cor dos alimentos. Cada prato brinca e estimula um ou mais sabores do paladar (doce, azedo, amargo e salgado) e todos com o toque especial do Umani.

Segundo o chef Yamashita, “a busca do umami é a base da gastronomia japonesa, e o Restaurante RYO se baseia na busca deste sabor em todos os ingredientes, desde as etapas da produção até chegar ao paladar do cliente.”

O atendimento do Ryo é preferencialmente com reserva, pois a intenção é atender o público da forma mais personalizada possível, no ato da reserva eles te apresentam o menu e perguntam se você possuí alguma restrição alimentar. Após isso, você pode escolher entre a opção de sete pratos (R$170,00) ou nove pratos (R$250,00), tem também a opção vegetariana com sete prato (R$180,00) e o menu kids (R$60,00).

A casa com mais de 50 lugares e com acessibilidade para cadeirantes no térreo, possuí opções de balcão, mesa para casais e grupos de até 12 pessoas. A carta de bebidas é assinada pelo renomado Celso Ishiy, especialista em saquê há mais de 13 anos.

No dia da nossa visita escolhemos a opção de nove pratos e para a Romy vieram algumas opções do vegetariano pois ela tem algumas restrições alimentares.

Tanto para mim como para a Romy o jantar foi extraordinário, a mistura de sabores e a apresentação dos pratos foi surpreendente! Vale MUITO a pena viver essa experiência.

Ryo Gastronomia

Kaisen salada com mini legumes

Ryo Gastronomia

Sashimi

Ryo Gastronomia

Aki no Kisetsu Ryori

Ryo Gastronomia

Shabu Shabu Wagyu

Ryo Gastronomia

Black Cod

Ryo Gastronomia

Gyu Wantan

Ryo Gastronomia

Sushi

Ryo Gastronomia

Kamo Seru

Ryo Gastronomia

Sobremesa

Ryo Gastronomia

Espaço mezanino – tatame

Serviço
Ryo Gastronomia

Rua Pedroso Alvarenga, 665 Itaim Bibi – São Paulo
Atendimento de segunda a sábado, das 18h à 00h
Telefone para reservas: 3881-8110
Estacionamento conveniado com Hotel Etoile – Rua Pedroso Alvarenga, 610
http://www.ryogastronomia.com.br

5 restaurantes que você precisa conhecer

Como costumo ter dificuldade para lembrar de um restaurante preferido quando perguntam qual é o meu restaurante preferido, resolvi listar 5 lugares que conheci recentemente e recomendo. Com exceção do Petí, já voltei em todos pelo menos três vezes.

Petí Gastronomia
A fachada do restaurante é tão discreta que pode ser difícil achar o discreto Petí, na rua Cotoxó, zona oeste de São Paulo. Dividindo espaço com uma loja de artigos de pintura e artes, o menu da casa é dividido em couvert, entrada, prato principal e sobremesa por R$ 43,50 ou R$ 39,50 sem sobremesa ou entrada. Mas cá entre nós, são quatro reais de diferença!

Todos os meses o menu é trocado, mas vou deixar algumas fotos do último menu (que provei) para criar curiosidade do que você pode encontrar quando for ao Petí.

Couvert

peti

Entrada – Consomé de cebola tostada, torteline de ricota e queijo da canastra

peti2

Prato principal – Polenta grelhada, legumes orgânicos e emulsão de açafrão

peti3

Sobremesa – Arroz doce com cumaru, gelatina de earl grey e caramelo aerado

peti4

O restaurante funciona apenas para almoço, de segunda a sábado, das 12h às 15h.

Petí Gastronomia
Rua Cotoxó, 110, Pompeia
Telefone: 11 3873-0099

Santa Coxinha

Poderia deixar de fora da lista uma lanchonete famosa pela variedade de coxinhas? Não… A Santa Coxinha tem um cardápio inteiro dedicado ao famoso quitute dos aniversários de criança e botecos do Brasil. A coxinha de frango é mera coadjuvante quando você pode escolher kibe disfarçado de coxinha, por exemplo. Costela, cordeiro, camarão, pato e carne seca estão entre os sabores mais vendidos entre as 50 disponíveis todos os dias.

Coxinha de carne seca

santacoxinha

Coxinha de pato

santacoxinha2

Lá da Venda
O restaurante lembra uma mercearia antiga, dos anos 80, cheia de badulaques pendurados no teto, no estilo da Vila Madalena. Aqui o menu é democrático e tem boas opções para quem é vegetariano.

Pastel de angu recheado com queijo

ladavenda

Kibe vegetariano com ricota e salada

ladavenda-kibe

Mas também tem um dos melhores estrogonofes com batata frita que já comi:

Estrogonfe

estrogonofe

O tradicional arroz com feijão e farofa também faz bonito por aqui

arrozcomfeijao

Lá da Venda
Rua Harmonia, 161, Vila Madalena
Telefone: 11 3152-6780

Açougue Central
Entre os donos estão um dos chefs brasileiros mais conhecidos, o Alex Atala, mas no Açougue Central o foco é a carne servida com massas ou um conjunto famoso dos brasileiros: arroz, feijão, farofa e mandioca frita – e que mandioca! Se os belos bifes não fossem as estrelas da casa, a mandioca certamente roubaria a cena com louvor. No almoço o menu executivo custa R$ 49 e é servido assim:

acouguecentral

Quintana Bar
Homenagem ao poeta Mario Quintana, o bar é tão lindo que merecia um conteúdo apenas com fotos, mas como o assunto é comida e não decoração, aqui estão minhas escolhas:

Entrada – Bolinho de linguiça de Blumenau

quintana

Prato principal – Fraldinha com arroz carreteiro e polenta frita

quintana-vazio

Sobremesa – Pavlova

pavlova

Quintana Bar
Rua Doutor Fonseca Brasil, 107, Vila Andrade
Telefone: 11 94298-2133

Feira dos Campeões Comer & Beber Veja São Paulo

Jun Sakamoto, Manoel Beato, Arnaldo Lorençato e Alexandre Costa em Workshop no Comer & Beber da Veja São Paulo

O Aventuras Gastronômicas passou pela Feira dos Campeões Comer & Beber da Veja São Paulo e conta mais o que está rolando neste evento no Jockey Clube de São Paulo. Até o dia 12/03, domingo, você tem a possibilidade de experimentar, e por que não, mixar comes e bebes das melhores casas de São Paulo, segundo o veículo.

Jun Sakamoto, Manoel Beato, Arnaldo Lorençato e Alexandre Costa em Workshop no Comer & Beber da Veja São Paulo

Jun Sakamoto, Manoel Beato, Arnaldo Lorençato e Alexandre Costa em Workshop no Comer & Beber da Veja São Paulo

Para entrar no evento é necessário ingresso, que já estão esgotados. Entretanto, há a possibilidade de participar de workshops muito bacanas com os melhores restaurateurs, chefs e personalidades da Gastronomia e usufruir do espaço com preços convidativos. Bem em clima de Foodtruck mas com toda expertise dos vencedores. Confira neste link se ainda tem alguma vaguinha!

Workshop Salvatore Loi e Faixa Azul

Começamos pela última quinta-feira, e participamos de um workshop da Faixa Azul com Salvatore Loi. Fizemos uma tuille de parmesão. Quem acompanhou nossas stories viu parte do processo.

O chef serviu pennete ao limão com ragu de camarão e legumes com tuille de queijo parmesão. Veja a Expectativa X Realidade! Adivinha qual é o nosso e qual é do Salvatore Loi, ou da Romy?

Salvatore Loi Veja Sao Paulo

Feira da Veja São Paulo Comer & Beber

Voltamos na sexta e chegamos mais cedo. O esquema é estilo dinheiro do Banco Imobiliário, você compra com os moços sinalizados como Caixa e também em alguns pontos espalhados pelo evento. Fique tranquilo, aceitam dinheiro, débito e crédito!

Vale a dica que fizemos de nosso Stories! Tiramos foto de todos os cardápios. Assim você já pode se planejar para escolher a comida e bebida que deseja experimentar! #FicaDica

Eu e a Midori compramos R$100 e comemos bem! Nossas escolhas foram do Nino Cucina:

17273905_1469730629718485_1721493473_o

Arancini Pomodoro (4 unidades) R$15

17269506_1469730709718477_745450452_o

Cavatelli com ragu e linguiça R$25

17273204_1469730646385150_318104301_o

Rigatoni à carbonara R$20

Depois disso, peguei um Negroni no Frank Bar por R$25,00, veja o vídeo! Ps: A Casa do Porco foi para mostrar o tamanho do bicho!

E a Midori escolheu uma sobremesa, o Explosão de Chocolate da Marilia Zylbersztajn por R$15,00 que é uma torta por completa de chocolate!

Era muito difícil ver tantas delícias. Mas nossas escolhas foram baseadas pelo preço. Por exemplo, Napoli Centrale já é um local mais em conta, e acredito que podemos comer em outro momento, no local original. O Porco San Zé da Casa do Porco saia por R$30,00, prato que na área do grab and go sai por volta de R$50,00. Os excelentes drinks do Frank saem no Maksoud por R$33 cada, na feira R$25.

Acredito que Rubayat, Fasano também são oportunidades bacanas de se experimentar. Passamos reto pelos lanches e hamburgers, para vocês terem ideia. Para quem gosta de japonês o Hirá, que é um excelente restaurante tinha lámen de verão – gelado – por R$20, sendo que no restaurante a média é entre R$40 – 50 o lámen.  Já um sorvete da Davvero na feira está entre R$10 e R$15, preço semelhante ao da unidade do Itaim Bibi. Não compensa pois não tinha aquela casquinha e biscoito maravilhosos, que são marcas registradas da sorveteria! Ajuda, Veja São Paulo!!

Confesso que ficamos muito em dúvida no que pedir, mas esse foi nosso critério! Vale cada um escolher a sua preferência. Duro gostar de muita coisa, não é mesmo :p?!

Workshop Cacau Show e Fasano

Por último, participamos do Workshop da Cacau Show, com o fundador Alexandre Costa e Fasano, com o sommelier Manoel Beato. Foi uma experiência para entender harmonização de vinhos com chocolates. Veja só nossos stories !

Portanto, ainda tem uma oportunidade de entrar no evento da Veja São Paulo. E caso tenha já o ingresso, siga as dicas! Outro informação essencial, vá em clima casual. Lá é um espaço aberto com grama e bem descontraído, conforto é a palavra de ordem! Nos workshops, vá com roupa fresca, pois imagine muitos fogões funcionando ao mesmo tempo! Está bem quente!

Divirta-se e depois nos conte o que achou!

Informações:

Onde: Jockey Club. Avenida Lineu de Paula Machado, 1071, Cidade Jardim
Quando: 9 a 12 de março Horário: quinta a sábado, 12h às 23h; domingo, 12h às 21h
Entrada: R$ 20,00 (meia) e R$ 40,00. Grátis para crianças de até 12 anos
Aulas para adultos: R$ 210,00, com direito a entrada grátis
Aulas para crianças: R$ 310,00, com direito a um acompanhante adulto e entrada grátis para ambos

Compras: foodpass.com.br/vejasp

Estabelecimentos participantes do evento da Veja São Paulo: Bar do Jiquitaia, Bar do Luiz Fernandes, Bistrot Parigi, Cadillac Burger, A Casa do Porco Bar (Bar da Dona Onça), Confeitaria Marilia Zylbersztajn, Davvero Gelato Tradizionale, Eataly Rossopomodoro, Fasano, Frangó, Frank Bar, Guarita, Hirá Ramen Izakaya, Jardim de Napoli, Junji Sakamoto, La Guapa Empanadas, Mocotó, Napoli Centrale, NB Steak, Nino Cucina, Padaria da Esquina, Rubaiyat, Shimura Pães e Doces, SubAstor, Taberna da Esquina, Town Sandwich Cº e Tradi.

Malba Cocina Y Bar

Criado em 2016, o Malba Cocina y Bar é um restaurante e bar de tapas argentino focado em grelhados da moderna e tradicional cozinha latina e internacional.

Seu nome é uma homenagem ao MALBA, Museo de Arte Latino Americano de Buenos Aires. A decoração ganha um charme especial na iluminação, com as peças exclusivas da designer Ana Neute. Destaque também para a ilustração criada pelo artista Iran Alves, unindo a Puente de la Mujer, de Puerto Madero, à ponte estaiada Roberto Marinho, dando alusão ao conceito urbano da casa.

Com espaço para eventos e degustações, o mezanino está destinado a encontros sociais. O cardápio da casa é de dar água na boca em qualquer um, e claro que não poderia ficar de fora os clássicos drinks recriados especialmente para acompanhá-los.

Inspirados no verão europeu o Malba Cocina Y Bar, apresenta três novas versões dos seus “queridinhos da casa”. Amarena Spritz, Orange Cosmopolitan e Gin tônica clássico. Os drinques custam entre R$ 30,00 e R$ 32,00.

amarena_spritz_malba

A amarena é uma espécie selvagem e mais ácida de uma cereja e pode ser chamada também de Ginja, que já era conhecida dos gregos no ano 300aC. Entre os benefícios da fruta estão diminuição dos níveis de ácido úrico no sangue, controle do envelhecimento da pele e eliminação de líquidos.

orange_cosmo

O drinque favorito da diva do pop Madonna é o Orange Cosmopolitan, que nasceu na década de 60 em uma versão menos sofisticada. Nos anos 80 foi repaginado e desde então é um eleito do público feminino.

gin_tonic_malba_1

O maior consumidor mundial de Gin tônica são as Filipinas, que consomem quase 50% de todo o Gin produzido no mundo. Criado despretensiosamente com intuitos medicinais, a bebida é praticamente consumida mundo afora.

Serviço
Malba Cocina y Bar
Rua Gabrielle D’Annunzio, 1319 – Campo Belo.
Abre todos os dias para o almoço entre 12h e 15 horas e jantar de segunda a sábado, das 19h à meia-noite.
Reservas pelo telefone (11) 5041-9511. Visite o site http://www.malbarestobar.com.br