Prima Bruschetteria: imperdível!

Nessa vida andanças gastronômicas, a gente esbarra com cada porcaria que vou te contar… Mas quando acertamos no lugar visitado, é só alegria! Quando isso acontece totalmente por acaso então, é felicidade dobrada. Foi assim que conheci a Prima Bruschetteria, casa paulista que tem uma matriz carioca, mas que eu realmente não tinha tido o prazer de encontrar antes.

A estrela do lugar são as bruschettas, claro, e por isso pedimos logo três: calabresa picante (R$ 8,40), ragù feito com carnes bovina e suína (R$ 7,90) e quattro formaggi (R$ 7,30). Difícil dizer qual foi a melhor, mas achei a de ragu especialmente feliz. Uma lasca de pão italiano da melhor qualidade, tostado sem ser duro, com recheio úmido o suficiente para deliciar as papilas gustativas sem molhar a massa. O único pecado da bruschetta de calabresa foi a falta de ser mais picante. E a de queijo estava bem equilibrada entre os sabores, realmente muito boa. Há também 16 tipos de bruschettas frias, como caprese (R$ 7,50), gorgonzola e mel (R$ 6,70) e salmão defumado com sour cream (R$ 10,50).


De prato principal, fui de tagliatelle com ragu bolognese tradizionale (R$ 16 – meio – ou R$ 29 – inteiro). Divino! Sabe aquele prato em que tudo dá certo e cada ingrediente harmoniza com o outro perfeitamente? Então, absolutamente delicioso. Dá para perceber que fiquei apaixonada, né? E o maridão também fez uma escolha para lá de feliz: risotto de tomate cereja, burrata e manjericão (R$ 18 – meio – ou R$ 33 – inteiro). Cremoso, quentinho, saboroso na medida, com queijo derretendo… ai ai. Ambos pedimos as meias porções, já que as bruschettas eram bem substanciosas. Há outras massas e risotos no cardápio enxuto, com ingredientes como camarões e limão siciliano, cogumelos e azeite de trufas, e spaghetti carbonara. Também é possível saborear antepastos, saladas e sobremesas, entre elas bruschettas doces – como a de nutella com avelã (sim, isso mesmo).

De segunda a sexta, até 16h, há um menu executivo com três opções, entre elas uma bruschetta + salada ou prato por R$ 28. Na lousa que fica logo na entrada são descritas algumas recomendações de prato e opções do dia, que nem sempre estão no cardápio. Para melhor, o ambiente é ótimo durante o dia e ferve à noite, com double drink e happy hour. Pé direito alto, serviço atencioso e comida que chega à mesa quente e relativamente depressa. Vale (e muito) cada visita!

Prima Bruschetteria
Rua Aspicuelta, 471 – Vila Madalena – São Paulo
Tel: (11) 2924-1549 / 2478-3196

12 Comentários

  1. erica almeida
    agosto 10, 2011 at 3:25 pm (11 anos ago)

    ADOREI A SUA POSTAGEM E ESTOU QUERENDO IR HA ALGUM TEMPO NA PRIMA BRUSCHETERIA… A SUA POSTAGEM ME DEU MAIS VONTADE AINDA… E QUE BACANA SABER QUE HPA MEIA PORÇÃO NOS PRATOS. CONHECI A PRIMA BRUSCHETERIA PELO SITE DA AILIN ALEIXO (GASTROLANDIA), MAS PEGUEI NOJO DELA (DA AUTORA)… MUITO CHATA, GROSSA E COM O REI NA BARRIGA. MAS VC ISABELLE, É ÓTIMA E SIMPÁTICA E NUNCA É SEM EDUCAÇÃO MESMO QUANDO FAZ CRÍTICAS NEGATIVAS DOS LUGARES. PARABENS. ADOREI QUE VC ESTÁ AGORA COM A FOTO COMO AUTORA DO BLOG. PARABENS, ABRAÇOS E SUCESSO SEMPRE PRA VOCES. SE QUISER, VISITE O MEU BLOG: http://dialogosgastronomicos.blogspot.com/
    abraços…

  2. Biessa
    agosto 10, 2011 at 7:55 pm (11 anos ago)

    É um dos meus lugares preferidos no RJ! E os drinks tb são ótimos. Beijos

  3. Isabelle Lindote
    agosto 11, 2011 at 11:02 pm (11 anos ago)

    Erica, vá ao Prima. É bom de verdade! E não deixe de experimentar a bruschetta de ragú, divina! bjs

  4. Isabelle Lindote
    agosto 11, 2011 at 11:04 pm (11 anos ago)

    A unidade aqui de SP tem bombado à noite por conta do happy hour, Biessa. Com double drink e promoções 🙂 bjs

  5. erica cristina
    agosto 12, 2011 at 6:03 pm (11 anos ago)

    NOSSA, DOUBLE DRINK É TUDO HEIM? MAS MUVUCA E LUGAR LOTADO FUJO CORRENDO DISSO. MAS VALEU DEMAIS A DICA. A BRUSCHETA DE RAGU JÁ TA NA MINHA LISTA. OBRIGADA POR ESTA DICA TAMBÉM. BEIJOS

  6. erica cristina
    setembro 6, 2011 at 12:45 pm (11 anos ago)

    Isabela… fui na Bruschetteria e amei… comi risoto porque li sua postagem e adorei a pedida… provei o almoço executivo, que pe bem legal e criativo,e com preços justos. segui sua sugestão e também provei a bruschetta de ragu, mas a de mortadela é imbatível viu! Fiz a postagem e já est laá no meu blog… coloquei este final de semana… está quentinha ainda… ahahaha, passa lá e vê o que achei. beijos http://dialogosgastronomicos.blogspot.com

  7. Tempero Urbano
    junho 1, 2012 at 9:04 am (10 anos ago)

    Morro de vontade de ir no Prima, mas nunca dá certo! Vamos ver se agora, que fiquei com mais água na boca ainda, eu consiga um tempo pra ir conhecer!

  8. Harumi A
    junho 29, 2012 at 11:22 pm (10 anos ago)

    Péssima experiência. Pedi os pratos através de delivery pela promessa de bons pratos mas recebi em casa um prato errado e outro que não estava nada apetitoso – como pode um nhoque ser ruim ? Pedi uma burrata de r$31,90 e recebi UMA brusqueta talvez por que havia uma brusqueta com o mesmo nome ! Mas r$31,90 por UMA brusquetinha ! Absurdo seria ! Além disso, o telefone não atendia mais e fiquei sem comer por um pedido às 20:30, até as 23:00 o assunto ainda não estava resolvido !
    Qualidade de serviço – vou esperar devolverem meu dinheiro que é o minimo para estar passando fome !

  9. Isabelle Lindote
    julho 4, 2012 at 2:30 am (10 anos ago)

    Harumi, nunca pedi delivery deles, então não posso opinar a respeito. Se houve desrespeito, merece sim uma reparação. Há uns meses que não vou à casa, mas sempre tive boas experiências.

3Pingbacks & Trackbacks on Prima Bruschetteria: imperdível!

  1. […] Na Prima Bruschetteria, além das excelentes bruschettas de diversos saborosos, dá para experimentar risotos e massas […]

  2. […] começar, destaco os risotos dos Prima Bruschetteria, casa carioca que abriu uma filial paulistana na Vila Madalena. A foto acima é do risoto de tomate […]

  3. […] e Lola Bistrot. Dos que conheci ano passado, gostei bastante do contemporâneo Adelaide e ótimo Prima Bruschetteria, pela primeira vez no […]

Deixe um comentário