Top 3: Purê

Hoje é quarta-feira, dia de mais um Top 3. Desta vez, selecionei três dos melhores purês que provamos nos últimos tempos – uma singela homenagem aos 458 anos de São Paulo, completados hoje. Afinal, vocês paulistas comem purê até no cachorro quente! 🙂

Mas o que faz um purê ser bom? Claro que há o gosto pessoal, principalmente no que diz respeito a textura e consistência. Por isso, o principal critério de avaliação foi o sabor dessa mistura de batatas, leite, manteiga e muita imaginação – há quem use alho, ervas finas, azeite… Cada um com seus segredos para tornar o purê tão bom que pode roubar a cena dos demais itens da refeição.

Zena Caffè: Sou fã de carteirinha do Zena desde a primeira visita. E, quando não como o gnocchi divino da casa, me jogo lindamente no purê que eles servem com perfeição. Feito com leite batido junto as batatas, o purê pode vir escoltando opções de carne, frango ou peixe. Normalmente escolho o filé com creme de queijo stracchino ou o milanesa de mignon. E ainda peço queijo ralado por cima. Só provando para saber.

Andiamo: Apesar de ser uma rede, o que poderia diminuir a qualidade das refeições, a casa oferece um menu com pratos muito bem executados em todas as ocasiões que fui às unidades dos shoppings Bourbon e Higienópolis. E que purê tem no Andiamo! Bem temperado, é um baita acompanhamento para o polpettone recheado. Bom demais.

Les Delices de Maya: Nunca comi algo nem perto de ruim no Delices e um dos pratos que mais gosto é o filé com brócolis e purê de ervas. Pois é: purê de batatas + ervas. Delicioso do início ao fim. Ainda mais quando misturado ao molho que vem com a carne – normalmente peço de mostarda ou de queijo, mas funghi também é uma boa opção.

1 Comentário

  1. Biessa
    janeiro 25, 2012 at 5:11 pm (10 anos ago)

    AMO purê.

Deixe um comentário