Você já ouviu falar em Yakiniku churrasco japonês?

O Yakiniku tradicional churrasco japonês tem origem coreana e ganhou mais destaque no Japão na década de 80.

A história conta que no final da Segunda Guerra Mundial a comercialização de carne foi proibida, o que causou a escassez do produto. Dessa forma, os coreanos que moravam no Japão começaram a vendê-la no mercado negro. Os famosos churrascos, espetos assados, ganharam popularidade entre os japoneses. Com as Olimpíadas de Seul, os restaurantes de comida coreana cresceram de forma rápida e o churrasco japonês tornou-se uma mania, por ser acessível a todos.

A palavra Yakiniku significa carne grelhada (yaki = assado ou grelhado; niku = carne). Preparado na própria mesa da pessoa, em chapas de ferro ou grelhas, que podem ser a gás ou a carvão, o churrasco japonês é feito com carne, cogumelos, legumes, frutos do mar e vegetais.

Eu pude viver a experiência de “meter a mão na massa” no Restaurante Takasu, localizado no Tatuapé. E posso afirmar que além de muito gostoso e divertidíssimo.

Você faz seu próprio churrasco, ali na mesa mesmo, em uma grelha especial. As carnes são temperadas na hora ao seu gosto e você pode deixar o carne no ponto que desejar. Para harmonizar com as carnes os molhos são preparados especialmente para realçar o sabor do prato, com opções à base de shoyu, missô, suco de laranja e nabo.

Restaurante Takasu 29 Tatuapé

Restaurante Takasu 29 Tatuapé

Restaurante Takasu 29 Tatuapé

No almoço você pode escolher entre três opções do cardápio: Angus, Peixe e Waguy. Esse último é proveniente de boi de origem japonesa, a carne produzida por está raça possui mais gordura entre as fibras o que deixa a carne mais saborosa e macia. O Garçon explica que no Japão, além da cerveja que está na dieta do boi eles também recebem massagens. Só pode ser por isso que a carne é maravilhosamente gostosa.

Restaurante Takasu 29 Tatuapé

As três opções do almoço executivo, do Yakiniku, acompanham: Salada, Sunomono, Karaguê (empanado de frango), Gohan, Missoshiru, Legumes e 150g da opção de carne escolhida.

Restaurante Takasu 29 Tatuapé

Salada, Sunomono e Karaguê

Restaurante Takasu 29 Tatuapé

Angus

Restaurante Takasu 29 Tatuapé

Waguy

Restaurante Takasu 29 Tatuapé

Tempurá de Sorvete com calda de laranja.

A casa oferece também todas as opções separadas, caso queira repetir algum coisa. Com um cardápio variado, o restaurante Takasu oferece também os pratos tradicionais japoneses. Na sobremesa o destaque é para o tempurá de sorvete com calda de laranja. Ah! Eles tem um menu kids super fofo para crianças.

Restaurante Takasu 29 Tatuapé

Restaurante Takasu 29 Tatuapé

Restaurante Takasu 29 Tatuapé

Cardápio Kid

Uma das minhas curiosidades sobre esse tal churrasco japonês (Yakiniku) era se depois de comer eu não ia sair de lá parecendo uma coxinha gigante. E acreditem, você NÃO sai com um cheirinho se quer de fritura. O sistema de exaustão da casa é subterrânea (único no Brasil) e não faz fumaça.

Olha no vídeo, a fumaça não sai da caixa da chapa, os furos em volta fazem a exaustão dela.

https://youtu.be/RestauranteTakasu29

Serviço:
Restaurante Takasu 29
Rua Euclides Pacheco, 996 – Tatuapé – São Paulo
Tel.: 11 3892-8949 / 11 3892-8969 E-mail: [email protected]
Jantar: Terça-feira a domingo, das 19h às 23h.
Almoço: Terça-feira a domingo, das 12h às 15h.
http://www.restaurantetakasu.com.br

Eataly abre as portas em São Paulo dia 19 de maio

Eataly São PauloO maior mercado de gastronomia e produtos artesanais italianos do mundo tem novo lar. Após muitos boatos, o Eataly São Paulo está praticamente pronto (quando visitei ainda não tinha banheiros finalizados, a entrada estava improvisada, elevadores em manutenção e cheiro de tinta fresca em alguns lugares) e  e abre as portas no próximo dia 19, terça, a partir das 11h30. Quem arriscar ir para almoçar no dia da inauguração é capaz de perder a hora, pois são tantos produtos, tantas novidades juntas que vai ser difícil decidir o que ver e o que comer primeiro.

Se você não conhece nenhuma das 28 outras lojas no mundo, vai ficar assustado com o tamanho do complexo. São 4,5 mil metros quadrados distribuídos em três andares, 22 departamentos, 7 mil produtos comercializados, sete restaurantes temáticos (Il Crudo, Le Verdure, La Piazza, La Carne, Il Pesce, La Pasta e La Pizza) e um restaurante com bar: Brace Bar e Griglia.

Foram tantas fotos que não ia conseguir registrar tudo pelo celular, algumas fotos foram feitas com uma câmera Samsung NX30:

Padaria

Eataly Padaria

Eataly Padaria

Eataly Padaria

Açougue

Fábrica de mozzarella, queijos e laticínios

SAMSUNG CSC

Eataly queijos

SAMSUNG CSC

SAMSUNG CSC

SAMSUNG CSC

SAMSUNG CSCMuita Nutella para os amantes da pasta de avelã

Sucos, cervejas e vinhos

vinhosFaz parte de todas as unidades uma escola de culinária. Em São Paulo, a La Scuola terá cursos de 1 hora, todas as quintas-feiras a partir do dia 28 de maio. A primeira aula será de Raviolo ao duplo recheio de cebola caramelada e abobrinha na manteiga e sálvia, avelãs e creme de queijo taleggio com Rodolfo de Santis, por 180 reais.

Ficou interessado e quer saber mais sobre os cursos? Entre em contato através do email [email protected]@eataly.com.br ou ligue (11) 3279-3300.

Eataly SP

O Eataly São Paulo ficará aberto de segunda 8h às 23h, na avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1489

No próximo post falo um pouco mais sobre os cursos e degustações

Esperienza Barilla: Lasanha Bianca

Se você só vive de macarronada com molho de tomate e uma variação do que chamamos de bolonhesa, clica na busca do blog e procure por Esperienza Barilla. Sua vida vai mudar assim que descobrir a grade de aulas promovidas mensalmente pela Barilla. São duas receitas por aula, com dois horários: 13h às 15h ou 19h às 21h, e é só ficar de olho para não perder as novidades.

O responsável pelo mundo maravilhoso dos cursos da Barilla tem nome e sobrenome: Paulo Turziani, chef da Barilla. Brasileiro, com sotaque italiano e uma paciência gigante para aguentar a mulherada que não cala a boca com várias dúvidas.

paulo-turziani

Na última aula que fui com amigos provamos e aprendemos a fazer o penne com pesto de nozes e pancetta que sugeri aqui. Se ainda não viu, veja que apesar de parecer uma receita fresca, ela é extremamente simples e rápida.

Já a lasanha, a segunda receita da noite, não chega a ser complicada, mas você vai precisar de mais tempo. E antes que você desista, preste atenção na lindeza abaixo:

lasanhabianca

Ingredientes

12 folhas de Massa de Lasanha Barilla
110 gramas de manteiga
60 gramas de farinha de trigo
Noz moscada
900 ml de leite integral
225 ml de caldo de frango
150 gramas de parmesão
2 ovos
100 ml de marsala seco
150 gramas de parmesão
sal e pimenta-do-reino
3 cebolas médias
Opcional (mas você pode ser considerado louco se tirar): 500 gramas de muçarela de búfala

concentracaoPreparo
1. Pré aquecer o forno a 180 graus.
2. Triturar as cebolas e dourá-las na manteiga. Adicionar a farinha e cozinhar. Acrescente o vinho aos poucos, mexendo sempre, até reduzir pela metade. Então, adicione o leite quente, também aos poucos, e depois o caldo de frango. Ferver até engrossar. Prove e só pare de mexer quando não estiver mais sentindo o gosto da farinha.
3. Deixe amornar. Acrescente os ovos batidos com metade do parmesão, sal e pimenta.

lsanha-montagem

4. Monte a lasanha intercalando molho com a massa, sem exagerar na quantidade de molho. Se você exagerar a lasanha vai quebrar na hora de cortar, coloque apenas o necessário para fazer uma fina camada.

lasanha

lasanha-5. Leve ao forno para assar por cerca de 20 minutos e serva quente!

barilla

Quem aí lembra de Chantibon?

Como é gostoso reviver um sabor da infância, não é mesmo? Aquela nostalgia de lembrar de coisas ou sabores que fizeram parte da minha infância me trazem sensações muito boas.

Foi com essa proposta e para atender inúmeros pedidos dos consumidores que a Kibon lançou o Chantibon, agora em versão sorvete. Numa consistência macia e cremosa o soverte sabor chantilly é ideal para combinar com frutas, bolo de chocolate, milk shake e incrementar aquele cafézinho. O pote de 1 litro chega aos mercados com o preço sugerido de R$16,20.

Chantibon Sorvete

Para resgatar as lembranças do produto, a marca desenvolveu uma embalagem especial e trouxe de volta o logo antigo da marca – letra K em azul com fundo amarelo. “Consideramos essa ‘licença poética’ para Chantibon Sorvete porque entendemos que, como todo clássico, o produto tem uma história pra contar. E essas referências ajudam nesses momentos”, fala Katia Ambrosio, Diretora de Marketing da Kibon.

Chantibon Sorvete

Palmirinha e Renata Vanzetto

O lançamento do Chantibon Sorvete, aconteceu no dia 07 de maio, no restaurante Marakuthai São Paulo e reuniu jornalistas e blogueiros para conhecerem em primeira mão o novo produto. Na ocasião, a chef do restaurante Renata Vanzetto fez sua versão do “bolo melecado” da Palmirinha (a vovó do Brasil).

Chantibon Sorvete

Bolo Melecado versão Renata Vanzetto

O “bolo melecado” da Palmirinha é feito com massa de bolo de chocolate e muuuuuito recheio de brigadeiro. A versão da chef Renata é super fácil de fazer, bastar montar o “bolo melecado” e colocar na cobertura uma bola de Chantibon Sorvete e Mix de nuts picadinhos (castanhas do Pará e de caju, nozes, avelã, amêndoas e macadâmia) e depois decorar com Flores comestíveis sortidas.

Receita rápida para o Dia das Mães: Penne com pesto de nozes e pancetta

No Dia das Mães você quer mais tempo para curtir a família do que esquentando a barriga na cozinha, certo? Se você prefere cozinhar a esperar horas na fila de um restaurante, recomendo fazer essa massa deliciosa que aprendi no Esperienza Barilla, uma aula de culinária incrível que já comentei aqui.

Corra para o mercado e compre: penne Barilla, nozes, parmesão (de preferência para você ralar na hora) e pancetta. Azeite e temperos eu espero que você tenha em casa.

Para acompanhar a receita, uma carne de panela, que você pode fazer no dia anterior. Assim ninguém precisa acordar cedo em pleno domingo. Confira a receita:

pancetta

pesto de nozes

Ingredientes
500 gramas de Penne Barilla
100 gramas de nozes
2 colheres de sopa (cheias) de parmesão ralado
100 gramas de pancetta (o mínimo para ficar muito gostoso)
azeite, sal e pimenta-do-reino

pesto

Preparo:
1. Bata no liquidificador as nozes, o parmesão e o azeite até a mistura ficar um creme homogêneo.

2. Faça a massa Barilla, de preferência, seguindo as instruções que estão na caixa, até ficar al dente.

3. Em uma frigideira antiaderente doure a pancetta, acrescente o pesto e a massa. Mexa rapidamente até não sobrar líquido no fundo da frigideira e sirva imediatamente.

pesto-pancetta

 

nozes-pancetta

pancettacomnozes
nozes com pancetta

 

Depois de provar e fazer esse penne incrível em menos de 1 hora, apenas 1 hora, você não vai querer mais comer macarrão com molho de tomate. Bom Dia das Mães!