Quarta e sábado: dias de feijoada \o/

Não sei se é assim no resto do país, mas aqui em São Paulo os melhores dias para se comer uma boa feijoada são quarta e sábado, por uma questão de tradição mesmo. É comum encontrar o prato em restaurantes a quilo e self service, além dos lugares que servem a iguaria especialmente nesses dias. Para abrir o apetite de quem pensa em apreciar uma feijuca nesta quarta, vou compartilhar algumas das melhores que já provamos por aqui. Abaixo, uma feijoada simples, caseirinha e deliciosa: a feijuca do Praça Cheese, nosso amado point para comer coxinhas e hot dogs de mastigar rezando. Com 15 reais você comer um feijão bem feito, recheado com costela, carne seca, calabresa e paio, acompanhado por couve fritinha, arroz branco e uma farofa divina – teve que rolar repeteco na última vez.

Outra feijuca de respeito, só que bem mais cara também, é a Feijoada da Lana, restaurante que fica na Vila Madalena, na Rua Aspicuelta. Durante a semana o buffet, que é ilimitado, custa 30 reais por pessoa, chegando a 55 reais nos finais de semana. A vantagem é que ninguém precisa esperar chegar quarta-feira para comer feijoada, já que o local serve a iguaria diariamente. Laranja, couve, farofa, arroz e carnes separadas em caçambas diferntes: tem uma para costela e lombo, outra para linguiças, outra para orelha, pé… e assim por diante.

Nas fotos abaixo mais duas indicações de feijoadas “diferenciadas”, no bom sentido, claro. No Bar da Dona Onça, a feijoada para dois sai por R$ 72 (esse preço é de agosto/2011) e vem bem servida de feijão, apesar dos acompanhamentos em quantidade modesta. Já na segunda foto está a feijoada do Santinho, restaurante da chef Morena Leite (Capim Santo) que fica no prédio do Instituto Tomie Ohtake, na rua Coropés (Pinheiros). O diferencial aí é a manutenção da temperatura da comida por meio de uma ótima distribuição de calor do buffet, que é sempre reposto. Assim como o Feijoada da Lana, aqui se paga para comer à vontade: em fevereiro o preço era R$ 38,50 (segunda a sexta). Aos sábados o valor vai para mais de 50 reais.

Ficarei devendo uma foto da linda feijoada do Bar do Biú, uma das minhas preferidas por ser farta e barata. E Dona Edi tem feijuca para todos os gostos: completa, light, só com costela e linguiça, ou ainda uma versão vegetariana. Tudo muitíssima bem servido e acompanhado de arroz, couve e farofa.

5 Comentários

  1. Daniel Dias
    dezembro 14, 2011 at 1:28 pm (10 anos ago)

    Ficou faltando a feijoada do Bolinha, a mais famosa de São Paulo (quiçá do Brasil)… Custa mais de R$ 80,00 por pessoa, servida a vontade nas opções normal e “light”, tem vários acompanhamentos perfeitos, inclusive com um caldinho de feijão matador, bacon crocante, croquetes…

    E claro, fica mais gostosa ainda quando se aproveita a promoção do site de compras coletivas e paga-se meros R$ 34,90 por tudo isso!!!

  2. diálogos gastronômicos
    dezembro 14, 2011 at 2:11 pm (10 anos ago)

    Nossa. achei otimas as dicas isabelle. mas s
    obre a feijoada do bolinha, já fui e acho um roubo… além de que também não gostei do público (muito emplumado – ahahah). abraços e parabens.

  3. Isabelle Lindote
    dezembro 14, 2011 at 2:43 pm (10 anos ago)

    Oi Daniel, a gente só indica os lugares visitados mesmo, então o Bolinha ficará para uma próxima 😉 Obrigada pela dica!

  4. Claudia Midori
    dezembro 15, 2011 at 9:16 pm (10 anos ago)

    Opa! Quero ir no Biu para provar a feijoada!

  5. Michelle Avila
    fevereiro 3, 2012 at 1:05 pm (10 anos ago)

    Sempre vou no Boteco Coutinho de domingo, curto mto a de lá!

Deixe um comentário