Cymbopogon citratus

Capim-Santo (Cymbopogon citratus)
Indicações: bactericida, antiespasmódico, calmante, analgésico suave, carminativo, estomáquico, diurético, sudorí­fico, hipotensor, anti-reumático. Mais utilizado em diarréias, dores estomacais e problemas renais.
Parte usada: folhas.
Preparo e dosagem
Infusão: 4 xí­caras de cafezinho de folhas picadas em 1 litro d’água, tomar 1 xí­cara 2 a 3 vezes ao dia.
Toxicologia: pode ser abortivo em doses concentradas.

Além de ser uma planta medicinal, o Capim Santo é o nome de um restaurante com unidades em São Paulo e em Trancoso (BA). E foi na filial paulista onde eu comemorei meu aniversário.

Juro que quando ouvi a Claudia falando pela primeira vez desse restaurante não fiquei morrendo de vontade de ir lá. Sempre pensei que capim-santo era remédio e não podia de jeito nenhum ser um suco delicioso ou ser misturado ao brigadeiro.

Pois é, sexta-feira eu experimentei as receitas do lugar que levam a planta e mudei completamente de idéia.

Eu, a Claudia e a Jaci aproveitamos o São Paulo Restaurant Week e experimentamos o cardápio para o festival. As opções foram sopa de alho poró, como entrada; linguini ao molho de limão ou muqueca de peixe com purê de aipim, de prato principal; e o tradicional trio de brigadeiros na colher, como sobremesa.

Com certeza esse é um lugar que merece outras visitas, não só por causa da sua comida, que inova ao refinar coisas simples como o uso dessa plantinha medicinal, mas também por causa de seu ambiente agradável.

2 Comentários

  1. Cláudia Midori
    agosto 31, 2008 at 4:50 pm (14 anos ago)

    Adoro o restaurante Capim Santo!!!!

  2. Vitor Hugo
    agosto 31, 2008 at 11:00 pm (14 anos ago)

    Tentei ir quando estava em SP, mas estava lotado! Não tinha mais lugar para reservar… fica para a próxima! 🙂

Deixe um comentário