Paris: Guia para aproveitar a cidade – parte 3

Alguns dos lugares que fui, são imperdíveis, não dá pra ir à Paris sem visitá-los.

Bertillon

31 rue Saint-Louis-en-l’île – Paris – 4eme arrondissement

Se você vai à Paris, não vai deixar de visitar a Catedral de Notre Dame, certo? Então ande mais um pouco, saia da Ile de la Cité e vá até a Ile Saint Louis e prove os sorvetes Bertillon.

Pessoalmente eu acho que o sorvete na França é caro, uma bola custa no mínimo 2 euros (sendo que o McFlury custa 2,60). Mas o sorvete Bertillon vale cada centavo dos 2,50 que você vai pagar.

Eu experimentei o sabor Chocolat du mendiant, que vem com nozes e algumas frutas cristalizadas. Uma delícia!

Lenôtre

91 Avenue du Général Leclerc – Paris – 14eme arrondissement

Pense num lugar fino. O Lenôtre é ainda mais fino do que isso. No “Lenôtre” que fica no 14eme você pode comprar salgados e doces lindos e deliciosos.

Eu experimentei um opéra (5,90) que é um doce que tem como base o chocolate e o café. Sublime. E essa vitrine faz a gente querer comprar tudo, não é?

Você também pode comprar chocolates da marca:

Un dimanche à Paris

4-6-8, Cour du commerce Saint André – Paris – 6eme

Uma chocolateria muito mimosa em Saint Germain de Près, que tem ao lado também um restaurante é a  “Un dimanche à Paris”, um espetáculo para os olhos, apesar de  num geral ser cara. Comprei um mini chocolatinho e estava muito gostoso. Passe ao menos para olhar a vitrine. =)

E ao andar pela cidade você vai topar com milhares de chocolaterias, uma mais linda que a outra, então escolha uma, entre e se dê o prazer de comprar algo para si mesmo ou um presente para alguém querido.

Padaria da Esquina

Eu me hospedei perto de duas boas padarias, numa experimentei os macarrons e uma torta de maça, e na outra uma tortinha de chocolate com laranja. Tudo uma delícia.

Cada um custou 0,65 e comprei de baunilha, caramelo, pistache e chocolate.

Tarte Abbesses - casquinha de chocolate com recheio de ganache e ganache com laranja. (2,90)

Uma dica que eu dou é visitar a padaria perto de onde você estiver hospedado e experimentar o que lhe parecer gostoso. A grande vedete da França é a padaria (boulangerie em francês) que muitas vezes também é “patisserie” (doceria). Isso porque o pão é o alimento mais importante para o francês, eles comem tudo com pão.

Você encontrará vários tipos de pões, bolinhos, croissants, sanduíches e sobremesas. Você vai pagar barato nos doces e pode levar croissants e pães para fazer um lanchinho.

E a primeira coisa que comi lá foi um briochette, e esse é o gosto de Paris pra mim, macio, fofinho, pequeno e com um toque de manteiga.

A Baguete

Experimente comprar uma, sair da padaria segurando sua baguete por apenas um pequeno pedaço de papel, e você se sentirá realmente na França. E pode haver muita diferença entre os tipos de baguetes e entre as padarias,e para o francês a boa baguete é crocante por fora e macia por dentro.

Essa da foto é da padaria “Au levain d’Antan” (fica próxima do metro Abbesses) que ganhou até prêmio. Eu recomendo.

E a lista continua…

13 Comentários

  1. erica cristina
    novembro 14, 2011 at 4:20 pm (11 anos ago)

    AI MEU DEUS: ESSAS POSTAGENS SÓ DEIXAM A GENTE COM INVEJA E COM VONTADE DE ESTAR LÁ. QUE TORTURAAAAAAAAAA! RSSSSSSSSSS.
    CADÊ A LINDOTTE????

  2. Jaci
    novembro 14, 2011 at 5:51 pm (11 anos ago)

    Desculpe, Erica… E se você tiver alguma sugestão para próximos textos europeus eu aceito. =)

  3. erica cristina
    novembro 15, 2011 at 5:38 pm (11 anos ago)

    Nossa, desculpe se meu comentário soou ofensivo… não era a intenção, pois até coloquei o “Rssssss”. Perguntei da Isabelle porque ela escrevia sempre e agora deu uma parada. Na verdade acho incrível vc estar ai Jaci… Abraços.

  4. Jaci
    novembro 15, 2011 at 5:44 pm (11 anos ago)

    Não achei ofensivo, Erica. Mas imagino que deve ser difícil ler o texto sem ficar morrendo de vontade…

    E garanto que a Isabelle deve estar preparando algo muito gostoso para um próximo post.

    E eu logo mais conto muita experiência com o escargot!
    abraço!

  5. erica cristina
    novembro 15, 2011 at 6:59 pm (11 anos ago)

    Obrigada pela resposta atenciosa Jaci… Nossa, agora fiquei curiosa pelas suas novidades em relação ao escargot… ehehehehe… nem imagino o que vc achou, mas acho que será engraçado, pois todos ficam com nojo, mas depois acabam gostando… heheheeheh… Abraços e boa viagem ai na frança… realmente: que delicia heim?

  6. Isabelle Lindote
    novembro 17, 2011 at 11:15 pm (11 anos ago)

    Érica, tudo bem? Estive adoentada e atarefada com trabalho, por isso não publiquei nas últimas duas semanas.
    E a Jaci acertou, estou preparando um texto de algo muito gostoso mesmo =)
    Beijos, meninas!

  7. Blizie
    novembro 17, 2011 at 11:30 pm (11 anos ago)

    “uma bola custa no mínimo 2 euros (sendo que o McFlury custa 2,60)”
    primeiro que sorvete do Mc não é sorvete. é só um liquido em um balde, que passa por uma serpentina e fica com aquela consistencia cremosa..
    ISSO que vc pagou é sorvete!
    é até uma ofensa comparar um “sorvete” do MC com esse sorvete.
    o do Mc é gostoso, sim, mas pra mim aquilo não passa de um creme gelado.

  8. Jaci
    novembro 18, 2011 at 5:29 am (11 anos ago)

    Blizie,

    Na verdade só quis exemplificar colocando lado a lado o preço de um Mc Flury (que os brasileiros sabem quanto custa em reais) e o preço médio do sorvete aqui na França. De forma alguma queria comparar a qualidade entre o sorvete do Mcdo com o da Bertillon.

    O que me choca é que aí no Brasil temos as sorveterias “gourmet” que são caras (e deliciosas), mas também temos outras não tão caras para o sorvetinho amigo do dia-a-dia.

    O único lugar em que achei sorvete mais barato aqui (1 euro a bola) foi na rede Flunch ( http://www.flunch.fr/ ), já conhecida por seu preço mais acessível. Logo mais farei um post sobre esse restaurante.

    abraço

  9. Mari Seber
    novembro 21, 2011 at 10:09 am (11 anos ago)

    Ai, que doçura de post!!!!
    Realmente, o Bertillon foi o melhor sorvete de chocolate ever! Vale cada centavo, além do charme que é a Ile St Louis, né? Só uma dica que eu acrescentaria (pois na ocasião fiquei chateada) quem compra casquinha não tem direito a sentar nas mesinhas do espaço ao lado, reservadas a quem compra taças.
    Bjnhos

  10. Jaci
    novembro 21, 2011 at 10:38 am (11 anos ago)

    Mari,

    Também adorei o sorvete e espero poder me deliciar com ele outra vez.

    Essa questão de poder ou não se sentar na mesinhas é algo comum na França, sempre é mais caro comer sentado dentro do restaurante… Eles entendem que é um luxo e cobram por isso.

    beijo

3Pingbacks & Trackbacks on Paris: Guia para aproveitar a cidade – parte 3

  1. […] lendo as dicas de Paris: Parte 2, Parte 3, Parte 4 e Parte 5. bb_keywords = "quartier latin"; bb_bid = ""; bb_lang = ""; bb_name = […]

  2. […] das melhores coisas que já comi aqui foi um sorvete de baunilha da Bertillon. E ele não era branquinho, tinha pontinhos pretos, o que significa que foi feito com a verdadeira […]

  3. […] E mesmo é muito bom. Denso e cremoso, é o meu segundo sorvete preferido, só perde pra sorveteria Bertillon em Paris (que é mais […]

Deixe um comentário