Izakaya Issa: paixão à primeira mordida

Com apenas 35 lugares, o Izakaya Issa é um lugar para experimentações, principalmente se você não tem descendência nipônica – como é o meu caso. O Issa é uma gracinha e fica ainda mais simpático pelo fato de sermos recebidos por uma saudação japonesa que só a Cláudia e a Talita, que estavam comigo no nosso girl’s night conseguiram entender – sim, sim, elas são japinhas 🙂 Depois de conhecer a casa, aprendi que Izakaya é a denominação que se dá para “bar japonês”, no qual, obviamente, a melhor pedida alcoólica é o saquê. No meu caso, fui de refrigerante mesmo, pois meu endereço era petiscar e abrir meus horizontes para novos sabores.

A porção lá de cima foi sugerida pela atendente – simpática mesmo com a casa cheia. E parece que essa é a rotina de lá, tanto que reservamos antes para conseguirmos uma mesa para sentarmos. Quem vai a dois fica mesmo no balcão, tal qual o Aska. Voltando ao Issa, a porção de sashimis semi-grelhados com gengibre (esqueci o peixe, mas era delicioso) foi uma grande sugestão! Realmente nunca havia experimentado nada aparecido e adorei, e ainda espremi um limãozinho em cima para ficar ainda mais saboroso. Há outras opções que podem ser divididas, como os guiozas (R$ 20), que estavam saborosos mas sem surpresas, e o lamen (R$ 20 a R$ 25, de acordo com o sabor) absolutamente divino. Também rolam alternativas de entrada, como o Otochi (com 4 tipos diferentes de comidinhas, que mudam diariamente) por R$ 20.

Curti muito também os petiscos “unitários”, como o Kakuni (costela de porco cozida), que não tem uma cara boa mas é uma delícia, por R$ 20. Também adorei o Butanikumaki Oniguiri (R$ 10), que apesar do nome feio quer dizer bolinho de arroz envolto em carne de porco fatiada com molho levemente picante com gergelim. As meninas comeram o Oniguiri (R$ 6), bolinho de arroz recheado com nori + ameixa ou salmão ou raspas de bonito. Quero provar esse de salmão na próxima visita, parecia ótimo – tanto que a Talita ainda repetiu. Como experiência gastronômica, o Izakaya Issa foi demais! Valeu a pena sair tarde do trabalho e pegar um táxi correndo para encontrar as meninas, colocar o papo em dia e ainda comer todas essas delicinhas. Fora que a proprietária Margarida, mulher do chef Masanobu Haraguchi, que reinaugurou o restaurante Ban em setembro passado, é uma simpatia. Não vejo a hora de voltar \o/

Izakaya Issa
Rua Barão de Iguape, 89 – Liberdade – São Paulo
(11)  3208-8819
Funcionamento: Segunda a domingo, de 18h30 às 23h30

3 Comentários

  1. Mauricio Ono
    novembro 28, 2011 at 12:12 am (10 anos ago)

    Da proxima vez q vc for lá. Peça pelo Okonomiake.
    Sinceramente é o melhor q eu comi até hj.

    Esse restaurante era de um amigo meu. Ele era um dos sócios anos atrás.
    Quase todos os ingredientes q usam lá são importados diretamente do Japão.

  2. Talita Shie
    dezembro 2, 2011 at 7:24 am (10 anos ago)

    Definitivamente foi um dos melhores Oniguiris Ever… Só de lembrar fico morrendo de vontade!

1Pingbacks & Trackbacks on Izakaya Issa: paixão à primeira mordida

  1. […] japa Desta vez o vencedor é um espaço no qual as mulheres dominam: o Izakaya Issa, na Liberdade. Delicioso e […]

Deixe um comentário