Casa da Li: comida de mãe na Vila Madalena

De tanto ouvir falar bem sobre alguns lugares, acabo criando uma super expectativa. E nada melhor do que visitar o restaurante em questão e perceber que realmente faz jus à boa fama – foi assim no Casa da Li. Comida caseira, feita com amor à gastronomia e ao ofício, tudo fresquíssimo.


Tudo começou quando fiquei com uma vontade irresistível de comer strogonoff em plena segunda-feira. Não queria preparar um, o desejo era realmente experimentar um prato marcante, mas com outro tempero, feito por outras mãos. E navegando no Twitter, resolvi mandar uma mensagem para a Eliane André, proprietária e chef  da Casa da Li, perguntando quando teria strogonoff na casa. Para a minha surpresa, ela respondeu que quando eu quisesse e marquei uma visita para a quinta-feira. Na foto acima, o resultado: batata palha douradinha feita na casa com arroz soltinho e um dos melhores strogonoffs que já comi na vida. “Gemi” o almoço inteiro de tão feliz!

Acabei voltando lá mais duas vezes: com uma amiga em um dia de semana, para experimentar o menu brasileirinho (entrada, prato executivo e sobremesa), e em um feriado com o maridão para provar um menu especial. Acima, uma porção dos deliciosos pastéis de rabada (R$ 20), absolutamente irresistíveis como entrada ou mesmo para servir de acompanhamento. Ao chegar, somos recebidos por uma cortesia da casa: torradinhas com geléia de pimenta – que está a venda na rotisseria.

No feriado de 12 de outubro, maridão e eu experimentamos o menu kids especial para a data (R$ 25 com entrada e sobremesa inclusas). Eu fui de purê de batatas com espinafre ao creme e frango empanado – de lamber os dedos – e ele provou as porpetinhas com purê. O marido é apaixonado por purê e aprovou o tempero da Li com louvor. De entradinha teve salada de tomates e como sobremesa um belo sorvete de creme com calda de chocolate. Pratos bem servidos e muito saborosos.

Realmente não encontrei defeitos nas três visitas que fiz ao restaurante. Na última delas, levei dois pedaços de porchetta (R$ 25 cada) para casa e esquentei no forno para acompanhar um jantar caseiro. Divinas, realmente nunca provei nada igual. Só uma dica: se puder, vá à Casa da Li com tempo para um almoço mais longo. Assim dá para degustar as torradinhas, a entrada, o prato e a sobremesa sem pressa.

Casa da Li
Rua Aspicuelta, 23 – Vila Madalena – SP
Tel: (11) 3871-1002

6 Comentários

  1. Thais Yendo
    outubro 25, 2011 at 3:50 pm (11 anos ago)

    O Blog está de parabéns!
    Sou muito fã, acesso direto 😉
    Adoro ficar olhando essas fotos que me dão muita fome, rsrs!

    Beijos,

  2. Chopp
    outubro 28, 2011 at 1:51 pm (11 anos ago)

    Obrigado pela dica e eu adoro Purê, também quem não gosta né!!!

  3. Isabelle Lindote
    outubro 28, 2011 at 4:00 pm (11 anos ago)

    O purê dela é incrível. E a porchetta também. E o strogonoff, nham

  4. Eduardo Ferracioli Oda
    outubro 28, 2011 at 8:54 pm (11 anos ago)

    Fui hoje com meu namorado e recomendo! Muito boa a comida (pedi o menu Brasileirinho e ele a Porchetta), atendimento atencioso e local aconchegante. Pena é o valor da cerveja. Voltarei, certeza! Obrigado pela dica.

2Pingbacks & Trackbacks on Casa da Li: comida de mãe na Vila Madalena

  1. […] um frugal almoço na minha querida Casa da Li, experimentei o melhor cupcake de minha vida: um mini bolinho de chocolate com creme de chocolate […]

  2. […] minha amada Casa da Li, salve salve, além de oferecer lasanha lá mesmo no restaurante, também faz essa maravilha por […]

Deixe um comentário