SPRW: Mercearia do Conde

Fui jantar com o maridão no Mercearia do Conde na última sexta-feira, para experimentar o menu do Restaurant Week. E acabei a noite comendo um delicioso Cheddar McMelt. Adoro McDonald’s, mas pagar quase 100 reais em um restaurante para acabar no Mc mais próximo não faz o mínimo sentido, certo? Como uma entusiasta do SPRW, lamento quanto encontro lugares assim participando do evento. Acredito que o Mercearia deve ser bom normalmente, mas gostaria de me sentir respeitada como cliente mesmo quando aproveito uma promoção. E não foi isso que aconteceu.

As opções de entrada eram Salada com guacamole e carambola ou Sopa de castanha-do-Pará com lulas ou Mix de pasteizinhos. Escolhi a mais simples e direta, porque para mim, para alçar vôos mais altos na cozinha, é preciso fazer o básico bem. E pastel, quem nunca fez? Até o tiozinho da esquina frita pastéis se alguém ensinar. Pois é, os pastéis vieram fritos sim – mas ocos. Olhem a foto acima e tirem suas próprias conclusões. Aliás, ao menos o de carne eu consegui fotografar, porque o de queijo só tinha um cheiro do produto, mal consegui sentir o sabor.

Acima, meu prato quando chegou e como ficou no final da refeição. Pedi um picadinho a vandaloo com arroz de açafrão e esperava que a carne estive picante. O problema é que tudo no prato era extremamente picante e o arroz, além de ter, claro, açafrão, tinha também erva-doce, algo que não estava descrito na cardápio. E não passo bem com erva-doce. E o molho vermelho que se vê no prato era, adivinhem!, também apimentado. E tudo tão forte que ficou inviável continuar a refeição, já que nenhum outro sabor era possível de ser sentido. Meu pedido original era o Medalhão de filé-mignon grelhado acompanhamento risoto de calabresa com brócolis, mas o mesmo estava tampado no menu do SPRW, indicando que não estava disponível. As demais opções eram Sobrecoxa de frango ao molho de laranja com pimenta vede e batatas com espinafre ou Agnolotti de abóbora com manteiga dourada e redução de balsâmico. Maridão conseguiu comer, muito mais pela fome mesmo.

De sobremesa, fomos de Tartelete de chocolate com calda de cupuaçu, que tinha sabor de doce de padaria. A outra opção do menu era Espuma de coco com calda de manga. O pior foi na hora da conta: chateada com a entrada tosca, o prato intragável e o serviço desatento (tudo demorou bastante para vir à mesa também), resolvi não incluir os 10% na conta. E o garçom fez questão de demonstrar sua insatisfação, deixando a máquina na mesa (acabei me virando sozinha com o cartão) e virando de costas tão logo viu que a conta estava paga. E sem incluir o valor da caridade nem na conta nem no cofre. Postura deselegante, com ou sem desconto.

Mercearia do Conde
Rua Joaquim Antunes, 217 – Pinheiros
Tel: (11) 3081-7204

1 Comentário

  1. erica cristina
    setembro 14, 2011 at 3:53 pm (11 anos ago)

    NOSSA: QUE LAMENTÁVEL ISABELLE… RIDICULO DA PARTE DO RESTAURANTE. PONTO PRA VC QUE SACOU OS PROBLEMAS E ESCREVEU PRA NÓS LEITORES… E CARA FEIA DE GARÇON E MAL ATENDIMENTO SÃO COISAS QUE ME FAZEM NUNCA MAIS VOLTAR AO LUGAR… CREDO… E VC FOI PERFEITA: É UMA PROMOÇÃO A PREÇOS ÓTIMOS E BARATOS, MAS ELES TEM MESMO QUE ATENDER BEM E MOSTRAR QUALIDADE MESMO ASSIM… SENÃO QUE NÃO ENTRASSEN NO EVENTO. ELES TEM QUE ENTENDER QUE O ‘SPRW’ É PARA DIVULGAR O ESTABELECIMENTO E ASSIM SÓ AFASTA AS PESSOAS. ALÉM DISSO, ENTÃO SÃO BURROS.

Deixe um comentário