Oficina do Açúcar: respeito é bom e os clientes gostam

No final do mês ou começo de outubro serei titia, da Heloísa, primeira filha da minha irmã. E como toda tia babona, a Heloísa nem nasceu e já ganhou uma série de brinquedos e estou esperando ela crescer logo para sair às compras (leia: roupas e sapatos).

O chá de bebê da Heloísa foi semana passada, num domingo, e fiquei encarregada das lembrancinha para os convidados. Depois de pensar em diversas coisas, achamos melhor não produzir a lembrança e resolvi encomendar alguns bem-casados – que também pode ser chamado de bem-nascido, bem-vivido, bem-sucedido, mas no fundo é tudo a mesma coisa!

Bem-casados Oficina do Açúcar

Bem-casado Oficina do Açúcar

Fiz o pedido na empresa Oficina do Açúcar pois já conhecia o doce e até tinha encomendado alguns para o lançamento do livro Aventuras Gastronômicas, em 2010. Nesses três anos a empresa cresceu, mudou a loja e divide o mesmo endereço com uma empresa de convites. A casa que só vendia bem-casado também vende convites, chinelos e mais um monte de coisas.

O site da Oficina do Açúcar também foi reformulado esta semana e melhorou um pouco, mas o atendimento online deixa a desejar. Nenhum e-mail com dúvidas foi respondido pelo canal. A loja ganhou ponto positivo com o simulador, que dá uma noção de como o bem-casado será. Até aí tudo ia bem.

Fiz o pedido com 15 dias de antecedência e segui as instruções que recebi por e-mail: transferir 50% do valor da compra. Há alguns dias de retirar liguei para saber se estava tudo certo com o meu pedido e avisei: Ninguém respondeu o meu e-mail sobre a transferência efetuada. Não tive reposta e precisei ligar de novo na quinta avisando que iria retirar no sábado até às 14h e pedi – novamente – que respondessem que o pedido seria entregue. Finalmente recebi o primeiro e-mail confirmando que sábado iria retirar a minha encomenda.

Sábado, no horário previsto, chego à loja e aguardo a caixa. Recebo um recibo como comprovante do pagamento e questiono a nota fiscal. A atendente ignorou. Ao me ver com o cartão: Só aceitamos a segunda parte do pagamento em dinheiro ou cheque. Reclamei que não avisaram e que eu não tinha dinheiro nem cheque. A atendente fez uma cara tão feia que a única coisa que consegui fazer foi olhar mais feio e avisar que só queria sair logo dali com o pedido. Ela aceitou o cartão mas não entregou a nota e comentou: Você já recebeu porque o financeiro mandou, você só não viu ainda. Juro! A minha vontade era gritar com ela e perguntar se estava escrito i-d-i-o-t-a na minha testa. Respirei fundo e pedi que entrassem em contato e enviassem o cupom na segunda. Claro que não mandaram.

Na terça, à tarde, resolvi postar um comentário no Facebook. Apagaram. Escrevi de novo. Entraram em contato com a mensagem:

Oficina do açúcar bem-casados

Não recebi a ligação até hoje, mas a nota foi entregue após algumas mensagens pelo Facebook. Dei uma olhada no Reclame Aqui e notei que esse problema é comum na empresa. Uma pena, na próxima vez que precisar de bem-casados certamente não vou comprar na Oficina do Açúcar…

Respeito é bom e todo mundo gosta.

1 Comentário

  1. Jaqueline
    outubro 22, 2013 at 3:27 pm (7 anos ago)

    Ola Claudia .. uma pena que vc não pesquisou antes, viu? Quando casei vi que a Oficina do Açucar tinha bastante reclamação e por telefone não gostei nada do atendimento. Indico de olhos fechados Mania de Açucar.. os bem casados foram um sucesso. Até hoje a família e o pessoal do serviço fala dele. A empresa é super atenciosa e fui bem atendida.

Deixe um comentário