Ví­deo da semana: entrevista da Juliana Motter no Jô Soares

7 Comentários

  1. cintia
    maio 24, 2010 at 11:43 am (12 anos ago)

    Olá!Gostaria de saber se vc oferece curso de brigadeiros?
    Aguardo resposta no meu e-mail,se possível.
    Um grande bj e PARABÉNS!!!!!!!!!

  2. Pat
    agosto 9, 2010 at 4:20 pm (12 anos ago)

    infelizmente não posso relatar a mesma opinião em relação a loja da Maria Brigadeiro, fui num sábado a tarde com uma amiga e gostariamos de provar os brigadeiros diferentes,a loja estava lotada e não possue espaço fisico pra comportar os clientes nem pra fazer o pedido. Queriamos provar alguns brigadeiros comos os exóticos, a informação era dos que eles tinham no momento eram os que estavam expostos na vitrine e que também não tinham lugar para provar os brigadeiros na hora, pois o espaço era pequeno e um pouco atrapalhado, tinhamos que aguardar lá fora para receber o pacote. Mesmo os brigadeiros que provei eram bons, mas nada diferente dos demais, o de limão siciliano tinha gosto de farinha. Enquanto na loja da Brigadeira fui bem atendida, concordo que os brigadeiros eram muito moles, mas bons como o da maria brigadeiro, porém o tratamento foi bem melhor, tinham opção de você prova-los na pró0pria loja, como levá-los nas caixas decoradas. O atendimento foi mais atencioso.

  3. cleidivania
    novembro 14, 2010 at 5:32 pm (12 anos ago)

    AMEI CONHECER O ATELIÊ MARIA BRIGADEIRO,PRIMEIRO OS BRIGADEIROS SÃO UMA DELÍCIA…E DEPOIS TIVE A HORNRA DE SER ATENDIDA POR A PROPRIA JULIANA MOTTER,QUE FOI SUPER ATENCIOSA COMIGO E COM TODOS QUE ALÍ ESTAVAM NAQUELE MOMENTO!!!PRETENDO VOLTAR OUTRAS VEZES!!!!

  4. saide boulos
    março 13, 2012 at 4:55 pm (10 anos ago)

    Concordo com a antipatia da Brigaderia. Trabalho em uma grande instituição financeira e os convidei para fazerem um evento in company. A resposta deles foi uma pergunta: “Como se cobra por isso?” Quando expliquei, nem deram resposta. Lamentável!!!

3Pingbacks & Trackbacks on Ví­deo da semana: entrevista da Juliana Motter no Jô Soares

  1. […] Rapadura é doce mas não é mole « Ví­deo da semana: entrevista da Juliana Motter no Jô Soares […]

  2. […] Infelizmente, não fomos tão felizes na Brigaderia. A começar pelo atendimento rude logo na entrada, quando perguntamos quais os sabores disponíveis e recebemos como resposta “são esses aí da estante”. Na sequência, ao questionar se eles serviam água, já que compramos alguns produtos para degustar na hora, ouvimos novamente uma resposta atravessada e a confirmação de que o preço estava no cardápio. No entanto, o que realmente decepcionou foi a qualidade dos brigadeiros. Tanto os que comemos na hora quanto os levados para casa estão molengas e visivelmente os ingredientes não tinham tanta qualidade. Pontos positivos: o visual da loja é bem bonito, com as paredes forradas em tecido, e as embalagens são tão bacanas quanto as da Maria Brigadeiro. Mas, com certeza, ficamos com os brigadeiros da loja da Juliana Motter. […]

  3. […] pode degustar os brigadeiros e ainda ser atendido pela própria Maria Brigadeiro – a Juliana Motter, super simpática. Não tenha vergonha de perguntar, pedir água, todos na loja são atenciosos. O […]

Deixe um comentário