Meu primeiro Halloween nos Estados Unidos

31 outubro, 2014

Essa semana todas as famílias começam a esculpir as assustadoras abóboras que são conhecidas como Jack’o Lantern e é meu primeiro Halloween nos Estados Unidos.

halloween

Jack’o Lantern é uma lenda sobre um homem que brincava com o Diabo. Ele morreu e não podia ir para o céu nem para o inferno, então ele foi mandado para um lugar escuro com apenas uma queima de carvão para iluminar o seu caminho. Ele esculpiu uma abóbora e colocou esse carvão dentro e desde então as pessoas fazem isso como uma simbologia assustadora.

halloween

Foi a primeira vez que esculpi uma abóbora. Foi divertido mas é cansativo e, claro, as crianças adoram mas sempre sobra para os adultos. É simples, você corta a parte de cima, tira tudo que tem dentro e depois faz os desenhos.

halloween

Agora, falando em comida de Halloween, durante o período pré Halloween a maioria dos lugares colocam em seu cardápio guloseimas feitas com abóbora.

O Starbucks é um desses lugares, eles tem o Pumpkin Spice Latte, que é maravilhoso. Quem viajar para qualquer lugar por aqui em época de Halloween, por favor, experimente.

starbucks

Outros lugares colocam a famosa torta de abóbora que eu não consegui provar ainda, mas dizem que é maravilhosa também.

So, Happy Halloween! =)

Eureka 2014: Risoto ao Funghi produzido pelos alunos do Instituto Mauá de Tecnologia

30 outubro, 2014

Fiquei lisonjeado por ter sido convidado a comentar (e provar!) pratos feitos pelos alunos de Engenharia de Alimentos do Instituto Mauá de Tecnologia para o Eureka 2014. Basicamente é o TCC que será exposto entre hoje e 1º de novembro (mais informações em www.maua.br).

Recebi o Risotto Veloce , que é um risoto instantâneo ao funghi e pode ser preparado em banho-maria ou no micro-ondas. E eu fiz em duas versões: aquecendo na panela com um fio de azeite e uma com cebola picada, bacon picado, azeite, uma colher de sobremesa de creme de cebola e azeite.

IMG-20141030-WA0023

Ambas ficaram deliciosas e não precisou de creme de leite ou qualquer ingrediente para ficar com cara de risoto, porque é risoto pronto mesmo!!! Além do preparo muito rápido, o sal é na medida e tive a curiosidade de comparar ele com risotos prontos de prateleira. E ele consegue ser muito saboroso com a metade de sódio de um risoto padrão. Parabéns aos alunos da Eureka 2014!

IMG-20141030-WA0018

Foi um delicioso e rápido jantar!

Uma parceria de sucesso: Bar des Arts e István Wessel

30 outubro, 2014

Um dos restaurantes mais aconchegantes e bonitos de São Paulo, o restaurante Bar des Arts, do grupo Leopolldo, no Itaim, tem uma novidade no almoço de segunda da sexta: os cortes exclusivos da grife de carnes Wessel preparadas na grelha por churrasqueiro formado pelo querido István Wessel, que se preocupou com todos os detalhes para que todos os clientes do Bar des Arts estejam completamente satisfeitos com a qualidade conhecida pelos frequentadores. Ou seja, uma parceria de sucesso: Bar de Arts e István Wessel.

bar-des-arts

Além de um especialista treinado por Wessel para servir quatro cortes de carne – fraldinha, picanha, bife “ancho” e bife de “chorizo”- ao ponto escolhido pelo cliente e acompanhado de um delicado vinagrete, os clientes poderão se servir do buffet frio e quente e da sobremesa, com um acréscimo de R$15 ao valor do buffet. Aliás, adoraria dizer aqui qual corte pedir, sem pestanejar, mas estou até agora indecisa se gostei mais da picanha ou do chorizo.

Picanha

picanha-bardesarts-wessel

Chorizo

chorizo-wessel

ancho-bardesarts-wessel

Segundo Wessel, os destaques servidos nestes cortes especiais são clássicos: a fraldinha “uma carne sem gordura e extremamente suculenta”; a picanha “sinônimo de carne de categoria no Brasil”; o bife ancho (foto acima) e o bife de chorizo, que “colocaram a Argentina no mapa mundial da gastronomia”. Adorei dividir a mesa com o Wessel e teria várias dicas para compartilhar aqui, mas quem sabe consigo  gravar um vídeo com algumas dicas?

Bar des Arts
Rua Pedro Humberto, 9 – Itaim –
Telefone: 11 3074-6363

Funcionamento:

Segunda – das 12h às 15h e das 18h às 24h
Terça a Sábado – das 12h às 15h e das 18h às 1h
Domingo – das 12h às 17h
Almoço Buffet: Segunda a sexta – das 12h às 15h/sábado, domingos e feriados das 12h às 17h – Após o horário normal a casa atende em sistema a la carte.

Nem só de fast food se vive nos States

29 outubro, 2014

É bem comum ouvir dizer que nos Estados Unidos só se vive de fast food, “cuidado, você vai engordar lá” e tantas outras coisas.

Como a Midori comentou no post sobre os colaboradores, estou morando na casa de uma família bem legal e que adora comidas saudáveis. Entre as minhas aventuras gastronômicas por aqui, teve um jantar com salmão temperado no shoyo (acredito eu), brócolis e arroz (sim, arroz, e dos gostosos) e um suco de maçã que é bom até. E, é bom ressaltar: Nem só de fast food se vive nos States!

salmao

arroz

Eles não tem costume de almoçar por aqui, a comida principal é o jantar. Mas o pai da família está me levando para comer em uns lugares legais, como o Port 305.

port305

port305

O café da manhã tem muffin, torrada com manteiga, cereal e leite (puro, daqueles de galão que vemos em filme).

Vou tentar escrever mais sobre a alimentação dos americanos dentro de casa. E deixar claro que até dá pra viver saudável nos States ;)

Sem criatividade e tempo? Tente a ciabatta de forno!

29 outubro, 2014

Quem nunca saiu tarde do escritório ou aula, com fome e lembrou que não tem nada na geladeira a não ser um tomate, uma cebola e água? Pois eu já, algumas vezes e nada mais chato que chegar cansado e ter que ir para o fogão.

Mas, contrariando a Midori que acha que meu fogão é de enfeite, vou ensinar aqui a ciabatta de forno, que fica deliciosa e é simples de preparar. A minha ideia foi reunir deliciosos ingredientes e prepará-los quentes, para ficar mais saboroso.

Você vai precisar de:
Uma ciabatta
Presunto (eu prefiro crú, mas pode ser com cozido também)
Queijo parmesão ralado
Queijo tipo mozzarella
Um tomate bem vermelho
Cream cheese ou requeijão (prefiro o da Danone, que é saboroso!)
Molho de tomate pronto (o Barilla Toscana tem tempero suave)

ciabatta_1
Abra a ciabatta e retire o excesso de miolo. Espalhe uma generosa camada de cream cheese e por cima o molho de tomate. Aplique fatias finas de tomate por toda a ciabatta e o queijo mozzarella do lado que tem molho de tomate e o presunto sobre o cream chesse do outro.
Por fim, coloque o queijo parmesão e leve ao forno, pré aquecido em torno de 200° C. Se quiser deixar mais saboroso ainda, pode usar azeitonas picadas e orégano. Deixe sempre o parmesão ralado por cima.
Ciabatta_2

Leve ao forno a ciabatta aberta por 8 minutos para gratinar um pouco. Abra o forno e com cuidado feche a ciabatta e deixe por mais 12 minutos e pronto! Sua ciabatta de forno está pronta e não leva mais de 25 minutos entre preparo e servir.

ciabatta_3

Melhor parte: quase não fica louça para lavar!